Buscar
  • Modaparamim

Vamos bordejar?




Domingo, dia de sol. Esse que continua a raiar na varanda. Independente de. De restrições, conjunções, quadraturas e trígonos. Esse que faz a flor e a folha mudarem de cor, da umidade à secura, demarcando a presença densa que existe em toda ausência, nos convencendo a rir de canto com o milagre da vida e do envelhecimento.


Entre oceano e desertos, chegamos no mês de Agosto, esse que urge insistindo que precisamos continuar escrevendo os dias pelo desejo. E, mais um vez, apesar de. Levantar e reconhecer os privilégios. Engolir à seco os dramas. E, mais uma vez, apesar deles, dos dramas e dos privilégios, questionar a normose e pensar para além daquilo que nos garante o conforto da inércia.


Tenho aprendido a celebrar os nãos que preciso dar a mim mesma, saudar a impermanência, reconhecendo que o meu trabalho faz e é boa parte de mim. Porém, e, mais uma vez, apesar dele, há todo um mar que preciso atravessar. O trabalho que realizo, dia após dia, enlaçando moda com arte pela carne, palavra com ensino pelo corpo, cor com forma, me é casa estruturante em tantos momentos. Deriva dele o ato de juntar palavras aleatórias, cheias de sentido quando isoladas, com o objetivo de construir frases incompreensíveis. São essas que me arrancam sorrisos, as difíceis de entender o que querem dizer. Prefiro o copo aberto, em fluxo, no limite sutil da borda, é o saber pelo sentir.


Começo mais um semestre, esse ainda mais atípico que o derradeiro, como quem virou uma noite depois de uma longa madrugada insone. Ia dizer balada mas não colou, aliás, saudades balada, festinha, aglomeração, carnaval. Um dia a gente se encontra de novo!


Começo mais um semestre perguntando: como que se escreve um corpo? Como me criar pelo corpus que insisto em bordejar? Bor de jar, que palavra mais linda: navegar sem rumo certo; fazer passeios pelo mar. Voltear. Ziguezaguear. Fazer silhuetas de amor à luz da lua? Criar um peixinho. Construir pontes entre a ética e a estética. Jogar baralho com o tempo. Quando o vento não deixa navegar a caminho ou quando se quer parar, ainda assim, e mais uma vez, caminhar, mudando com frequência o rumo, à Deus dará. Bordejando. Bordejado. Bordejar, que palavra mais linda, vamos lá?



Agenda desse semestre:


03/08 início das aulas na FBUni

  • cadeiras que vou ministrar: Moda e Marketing (noite), Produção de Moda (noite), Personal Stylist (manhã)


05/08 início das aulas na Pós da Unifor

  • em agosto: Produção e Comunicação de Moda

  • em setembro: Styling I

  • em novembro: Styling II


08/08 Etapa Pesquisa de Consultoria de Imagem e Estilo no MODAPARAMIM


17/08 início das aulas na Unifor

  • disciplinas que vou ministrar: PIV - Projeto de Produto e Produção de Moda.


18 e 19/9 Etapa Ideação de Formação em Consultoria de Imagem e Estilo no MODAPARAMIM


20 e 21/11 Etapa Verificação de Formação em Consultoria de Imagem e Estilo no MODAPARAMIM


Vamos em frente! De botas ou com o pé no chão!


Renata Santiago

Fortaleza, 02 de Agosto de 2020

21:43

13 visualizações

85 991432227

Fortaleza - CE, Brasil

©2020 Todos os direitos reservados.