terça-feira, 14 de março de 2017

Curso Personal Stylist (Consultoria de Imagem e Estilo) em Fortaleza





A Etapa IMERSÃO faz parte do nosso programa anual de formação em Personal Stylist e será realizada no dia 8 de Abril (sábado) das 9h às 17h. As próximas etapas são: PESQUISA (JULHO 2017), IDEAÇÃO (SETEMBRO) e VERIFICAÇÃO (NOVEMBRO). Totalizando ao final do processo: 36h de formação teórica e prática. 

Segue as informações e passos para realizar a sua inscrição. Garanta a sua vaga hoje com 15% de desconto! Qualquer dúvida nos escreva! 

O curso será realizado na Elephant Coworking, o espaço mais criativo e interativo da cidade, localizado na Rua Barbosa de Freitas, 1741, Aldeota. 


Investimento: 
   R$300 (3o lote - inscrições até 7/4) 

*Incluso: apostila interativa, certificado, Ebook para estudo e coffeebreak especial 
** Para garantir a sua vaga você precisa nos enviar o formulário de inscrição preenchido com os seus dados para certificado (segue em anexo) + o comprovante de pagamento do Curso por email (modaparamim@gmail.com) 




8 de ABRIL (9h às 17h) 

Programa:
1) Sobre o personal stylist
2) O poder da imagem pessoal
3) Descobrindo a minha identidade
4) Os códigos do vestuário (dress code)
5) Tipos de estilo
6) Lifestyle e personalidade
7) Descobrindo o estilo pessoal
8) Tipos físicos
9) Visagismo
10) Sobre as cores
11) Planejamento e organização do guarda-roupa
---
Confira o depoimento das nossas ex-alunas especiais para sentir como funciona a metodologia e atmosfera do curso, clicando aqui: http://www.modaparamim.com.br/p/blog-page.html


Realize a sua inscrição clicando aqui, https://pag.ae/bfhQxbj!


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Com ela eu sou mais eu



Ela acordou de manhã revisando o sonho que acabou de ter
Cartografa os desejos
Pensa se hoje é dia de mais 5 minutinhos na cama para organizar os pensamentos
Prepara a cafeteira enquanto toma sua granola com leite de castanhas
No fundo sabe o que tem de ser feito
Mas aceita com sorriso de lado que o processo é sempre fluxo
Montanha russa leve e intensa
Tudo tanto com moderação
Dualidade
Entrega sua alma no encontro de um banho quente
Veste sua pele com a pele recém escolhida com carinho e atenção
Procura as notícias de arte no jornal
Olha ao redor
Corpo recipiente, atento e presente
Corpo sensitivo, atente
Entra pela porta com a certeza que vai trocar magia, ciência ou religião
Alquimia de relações
Rede de renda de textura fria
Gosta de filmar o sal e o som em movimento

Renata Santiago 17/2/2017

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Moletom Xifópagas Capilares Entre Nós








frete grátis para todo BR. 
prazo de postagem/entrega após confirmação da compra: 3 a 5 dias úteis. 
dúvidas/encomendas: (85) 99145-8368
modaparamim@gmail.com

coleção capsula criada e produzida em Fortaleza-CE.
Designer: Renata Santiago


Referências:






terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Softness: consciência e esperança para o sujeito-moda?


(Dior, Paris - Alta Costura - Verão 2017) 

Macrotendências para a moda são apontamentos, estudos comportamentais que envolvem profissionais de áreas e pensamentos diversos que juntos pensam, repensam e incorporam valores sociológicos, econômicos, filosóficos, culturais, políticos e etc. a fim de esboçar uma tentativa de traçar um caminho, uma estrada a seguir revelada morfologicamente por meio de conceitos, cores, texturas, formas e ilustrações. Vale ressaltar nesse momento o império do vestuário que se constitui como meio para o exercício da moda, esta atuando sempre no campo do imaginário, dos significantes; é parte integrante da cultura e da arte. 

Eis a mágica do vestir: campo privilegiado da experiência estética, permitindo na apropriação dos objetos tecidos, projetados e  imaginados nas tramas e cores, o contato com uma profusão de signos que operam a subjetividade de cada sujeito, dia após dia. Sabendo ou não. Querendo ou não. 

A pantone, por exemplo, é uma empresa norte-americana que gera sistema de cores para a indústria da moda e do design a cada estação.  A WGSN, empresa referência de pesquisa de tendências, gera anualmente os seus guias de "modos a seguir". O bureaux apontou para 2017 as seguintes referências: Elemental, Artisan, Remaster, Off Beat. Para 2018: Vida terrena, Design Substancial, Noturno e Infusão. Todas falam basicamente da necessária ligação do homem com o espiritual e o natural, seja ela como for: de forma etérea, mística, selvagem, lúdica, surreal. Fala da ligação (leia-se fusão) do homem com a tecnologia: seus desafios, distanciamentos e agenciamentos. Como me situar no tempo e no espaço? Como distinguir a minha alteridade refletida nos objetos de consumo? Como ser um sujeito-moda congruente e decente? Sujeito-moda: ansioso pelo novo, efêmero, sujeito que vive no sistema-moda consumado, variável, fantasioso, ser do parecer regido por relações de poder. 

Como os divergentes encontram possibilidade de complementação na sociedade de moda?

Geertz nos fala sobre a noção de ethos (pertinente nessa costura escrita) como uma postura na qual se constitui uma visão de mundo. "O ethos de um povo é o tom, o caráter e a qualidade de sua vida, seu estilo moral e estético e sua disposição, é a atitude subjacente em relação a ele mesmo e ao seu mundo que a vida reflete". (p.142 - In: 

Dessa forma, podemos pensar a moda assim como Sant´Anna (In: Teoria de Moda: sociedade, imagem e consumo) como sendo o:

ethos das sociedades modernas e individualistas, que, constituído em significante, articula as relações entre os sujeitos sociais a partir da aparência e instaura o novo como categoria de hierarquização dos significados. 

Para 2017, a Pantone ditou que o verde Greenery (mistura de verde musgo com amarelo intenso) será a cor do ano. 

"Sabemos o tipo de mundo que estamos vivendo, que é muito estressante e muito tenso", disse Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute. "Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ele remete ao que chamamos de palavras 're': regenerar, refrescar, revitalizar, renovar. Toda primavera entramos em um novo ciclo. É algo como olhar para a frente". 



Essa semana prestigiamos a semana de alta costura em Paris em um contexto forte de incertezas, crise de  valores institucionais, retrocessos políticos, negação aos valores humanos básicos. Observamos na Dior e na Chanel um resgate à esperança presente nos arquétipos do natural, da criação original. Observamos consciência e delicadeza: suavidade presente nos elementos de cena, sons, cheiros, locações e nas tramas não tanto escondidas. Famílias de cores suaves e opacas se misturam aos brilhos e contrastes. 

(Chanel) 

Alta Costura - Verão 2017 foto: FOTOSITE

(Dior) 

De Chanel (e como Coco foi citada nesse espetáculo) herdamos a funcionalidade milimetricamente calculada, o perfeccionismo esboçada no seu estilo clássico e minimalista. Herdamos a mulher forte e futurista, para além de seu tempo. De Dior ficamos com o luxo, o resgate ao direito da feminilidade e da natureza lúdica e selvagem. Herdamos o gosto pelos ornamentos e proporções. 

De resto, aliás, não seria verdade que quando o homem quer fazer uma revolução, ou melhor, quando decide mudar as condições de seu mal-estar, deve necessariamente dar início às mudanças na esfera cultural, operando nas escolas, nas universidades, na cultura, na arte e, em tempos mais gerais, em tudo aquilo que diz respeito à criatividade? A mudança deve ter início no modo de pensar, e só a partir desse momento, desse momento de liberdade, será possível pensar em mudar o resto. (Joseph Beuys)



segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Moda e arte: Processos de criação



A moda é um jogo complexo e sorrateiro. 
Repleto de mudanças silenciosas e inesperadas mas previsíveis se você conseguir enxergar além e holisticamente: integrando todas as multiplicidades integradas nas relações tecidas e articuladas, por tantos, por todos. 

O meu processo de criação como artista passa por um olhar atento e investigativo ao vivido; dedicação à pesquisa com disciplina e rigor; tentativa de experimentação e atenção ao instante; escolhas diárias em forma de materiais, formas, cores, palavras, relações. Passa por desapego ao tempo real e entrada no imaginário, flui por um território inconsciente, muitas vezes cheio de caminhos tortuosos e dolorosos. 


Afetação no corpo e na alma, indissolução, inacabamento, eterno devir. Desejos escondidos na captura de um instante tecido para um terceiro corpo: resultado da transformação da poesia em desenho, do desenho em materialização. Toda coleção ou produto desenvolvido é um momento de verdade. Penso como Carlos Vergara: "Tornar o olho poético é a função do artista". 






segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Curso Produção de Moda: Garanta sua vaga!





O produtor de moda manipula ativamente o significado simbólico das roupas, cobrindo os personagens que cria com itens que reconhecemos como típicos de diversas atividades e atitudes. 


É trabalho do designer/produtor de moda realizar experiências sobre a identidade e as aparências por meio da vestimenta. Ele deve oferecer roupas e ferramentas que ofereçam as pessoas/projetos que administra a oportunidade de transmitir narrativas diversas. Para o produtor de moda, aprender, interpretar e incrementar o léxico criativo é de interesse vital.

Além de exercer a sua criatividade com muita pesquisa e educação do olhar, o produtor de moda precisa entender as ferramentas e metodologias de seu trabalho, assim como diferenciar os seus modos de atuação que são diversos e envolvem diferentes profissionais. 



(Mariana Santana, Caroline Prates, Andressa Torres by Zee Nunes_Vogue Brasil, 2014) 


Durante as 9h de encontro no Curso de Produção de Moda vamos desvendar suas habilidades e competências de forma prática, pensando a teoria com foco no que podemos trabalhar no local em que atuamos. O curso tem o objetivo de propor uma roda de conversa ativa com experimentações através de imagens, textos e experiências vividas que proporcionem novas ideias sobre a área em questão. 

Como todo início de ano e estação, preparei um dossiê bem especial com propostas de macrotendências comportamentais para 2017 e 2018. O conteúdo semântico desvendado pelas cores, formas, texturas e materiais nos fornecerão inspirações para criações futuras assim como embasarão as conversas sobre os estilos em fotografia de moda. 

Para garantir a sua vaga você precisa nos enviar o nome completo + o comprovante de pagamento por email. O pagamento pode ser realizado via depósito ou transferência bancária ou parcelado no cartão de crédito viapagseguro. Nesse espaço (clica aqui!) você encontra as opções de conta e/ou o direcionamento para parcelamento no cartão. 

O curso será realizado no aconchegante Espaço FB Ideias que fica na R. Castro Monte, 1325, Meireles (ao lado da Faculdade Farias Brito). Serão dois sábados, dia 14 das 9h às 17h com intervalo para almoço. E dia 21, das 9h ás 12h. Estão inclusos material para estudo, coffeebreak especial e certificado. 

Te encontro sábado! Vai ser demais! ;)

Renata Santiago 




sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Curso Produção de Moda




. Em janeiro nos encontramos para o primeiro curso do ano: Produção de Moda

Conteúdo Programático:

1) Profissão: Produtor de Moda 
2) A consultoria de imagem 
3) Coloração pessoal: coordenação de cores e suas mensagens de estilo 
4) Styling de Moda
5) Fotografia de Moda 
6) Trend Report 2017/18 

Aproveita essa semana para garantir a sua vaga no 2o lote com desconto!