domingo, 16 de abril de 2017

A fluidez da matéria, 2017.





Minha história, minha(s) verdade(s), dualidade: minha janela. Para o mundo, para dentro de mim, para uma organização da percepção de mundo. Uma exposição, coleção de vestígios coletados e experimentados. Filtro.

Na vertigem do contato é o índice da profissão da matéria que habita a obra. O roçar do mundo na pele. A qualidade estética é a resultante calculada dessa intersecção.






Nenhum comentário: