quarta-feira, 29 de outubro de 2014

5 passos para arrumar o guarda-roupa do marido





Hey Girls! Bolei esse post hoje enquanto arrumava o guarda-roupa do marido que até é bem organizado mas que de vez em quando precisa de uma ajudinha, concordam?! O Ivo é Psicólogo Clínico e atende seus pacientes em horários bem variados na Torre Saúde do Complexo São Mateus. O seu estilo pessoal varia entre o sport couture (nos fins de semana e momentos de lazer) e o minimal (quando está clinicando ou atuando em assuntos da empresa).

Psicanalista por formação (e vocação!), jogador de xadrez nato e faixa preta de jiu-jitsu. É responsável pelo planejamento estratégico de marketing da nossa empresa além de coordenar a produção e os cursos. Viciado em esportes, alimentação saudável e com uma essência mágica que me conquistou desde a nossa primeira conversa há quase 10 anos. É um homem prático, determinado e ao mesmo tempo tão complexo. Mas antes que eu escreva 10.000 caracteres descrevendo o quão lindo ele é, vamos ao que interessa?! haha


1) LIMPEZA! Tire todas as peças e passe um pano úmido em todo o guarda-roupa. Já comece a retirar todas as peças que não estejam em bom estado: aquelas que perderam a cor ou não são usadas há mais de um ano, por exemplo, merecem ser separadas para doação.

2) ORDEM! Separe as peças por categoria. Ex: t-shirts estilo mais casual e esportivo juntas x camisas sociais de botão juntas. Calças jeans devem ser penduradas e bermudas dobradinhas. Não esqueça de separar as bermudas também por estilo: existem aquelas mais arrumadinhas e aquelas estilo praia.

3) PADRONIZAÇÃO! É essencial que todos os cabides sejam iguais: com a mesma cor e formato. Isso impede que algumas peças escondam a visualização de outras.

4) CORES! Cada categoria deve ser organizada por cor. Ex: comece a ordem de t-shirts pelas brancas e finalize a sequência com as pretas.

5)  GAVETAS! Gavetinhas são sempre muito bem-vindas para guardar as peças de dormir e de malhar, por exemplo.

No final das contas não existe segredo ou uma regra universal, sabe?! A dica principal é encontrar uma organização que facilite a vida, economizando tempo e multiplicando as escolhas disponíveis. Lembre-se que quantidade não é sinônimo de possibilidade. O melhor é apostar na qualidade de poucas e boas peças que rendam várias combinações. Vamos tentar?!

Nenhum comentário: