segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Sobre o personal stylist: bate-papo com o leitor

Quem leu o Jornal O Povo de ontem viu que no caderno Empregos saiu um bate-papo rápido respondido por mim sobre o trabalho do personal stylist.






Dá uma olhada:

OPOVO - Para a formação do consultor(a) de moda, é preciso curso superior?
Renata Santiago - Na minha opinião é necessária a formação superior em moda para atuar na área com qualidade. Há conceitos de extrema importância que não são aprendidos apenas em cursos técnicos ou de qualificação.
 
OPOVO - Quanto geralmente é cobrado por um consultor ou personal stylist?
Renata Santiago - O orçamento sempre deve ser negociado com o cliente e varia de acordo com o pacote que o mesmo deseja. Em geral, se cobra R$100 a hora ou R$500 pelo pacote completo realizado (análise tipo físico, personalidade, orientação do guarda-roupa).

OPOVO - O que é o melhor desta profissão?
Renata Santiago - O melhor é você agir transformando vidas, observando o quanto a realização do serviço auxilia o cliente a descobrir quem ele é e a comunicar essa mensagem para o mundo. Gosto de falar que é um trabalho sem prazo de validade, pois a informação que o cliente recebe é para a vida toda.

OPOVO - E quais são as principais dificuldades? O que destacaria como negativo?
Renata Santiago - Não dificuldades e sim desafios. Trabalhar com o ser humano e mudar a sua imagem é um trabalho complexo e delicado. Há de se ter muito estudo na área de psicologia e saber que cada indivíduo é único. Há de se trabalhar sem paradigmas ou pré-conceitos.

---

Confiram também a entrevista para o programa Closet comandado por Paula Lima que saiu no final de Agosto sobre o personal stylist:



Nenhum comentário: