quarta-feira, 27 de junho de 2012

A magia das cores

Usar os tais blocos de cores, ou o "color block" pela linguagem fashion, não significa uma tendência passageira pra gente. Saber misturar cores e transformá-las em inúmeros significados de acordo com o que desejamos transmitir funciona quase como uma mágica. A regra básica vocês nunca devem esquecer: o escuro vai esconder, repelir, afastar o olhar. Em contrapartida, tudo que é claro vai atrair, ressaltar, mostrar. 

(Imagens: Reprodução/Vogue Espanha)


A gente pode usar todas as cores? É claro que sim. Mas isso não significa que a gente fique bem em todas elas. Ou muito menos que todo mundo fique bem vestindo preto ou branco. Tudo é uma questão de observação e exercício do olhar. Todos possuímos tonalidades de pele, olhos e cabelos diferentes e é isso que vai decidir boa parte daquilo que fica super lindo ou meio apagadinho quando a gente usa. 

 (Imagens: Reprodução/Pinterest)

Não acho legal essa história de que temos de esconder o que não gostamos em nosso corpo. Prefiro o verbo ressaltar aquilo que temos de melhor. Não podemos esquecer que a aceitação é fundamental para o bom funcionamento de nossa autoestima. E como essa tal de autoestima é importante. Concordam? Basta a gente parar pra pensar que um tantão de doenças que possuímos hoje é tudo fruto da nossa resistência que fica baixa exatamente por falta de confiança, ânimo e pelo monstro do estresse cotidiano. 

(Imagens: Reprodução/Pinterest)

Comecei falando de cores e termino falando pra gente tentar levar a vida mais leve, mais colorida, misturando tons de forma harmônica. Pincelando nossas vontades com sabedoria e carinho. Sabendo dizer não da mesma forma que a gente sabe dizer sim. Parando pra pensar e saborear uma boa comida. Procurando a nossa música preferida. E principalmente, sendo instrumento de amor e beleza. Primeiro pra gente, depois para os outros e também para o mundo. Amém!

Um comentário:

Juliana Marques disse...

lindas bolsas! amo color blocking!
Rabiscandomoda.net