sexta-feira, 13 de abril de 2012

Cobertura #DFB2012: RESUMÃO do quarto dia



Infelizmente, ontem não consegui marcar presença no Dragão Fashion. Fiquei presa no trabalho "dando o gás" para a coleção nova de Maio, inspirada no lado glam dos anos 1960, que por sinal está ficando linda! Aproveitei também para continuar a leitura do livro que adquiri no stand da editora Senac no evento: "Moda & Inconsciente" da psicanalista Pascale Navarri. SUPER!

Dessa forma, não consegui sentir a energia dos corredores ou o clima dos desfiles, ver de perto o detalhe e acabamento das peças. Algo que eu particularmente acho super importante para "julgar" isso ou aquilo em uma semana moda. Hoje com certeza eu estarei lá para conferir o desfile do Reality Project que promete fechar o Dragão com muita arte e dignidade.

Para não perder o costume, segue o Instagram do dia com frases que inspiraram a última quinta-feira + detalhes do que vem por aí na marca modaparamim.

Mais uma vez, achei que as apresentações deixaram um pouco a desejar. Não sei vocês, mas eu não consigo entender essa enxurrada de floral em pleno Outono Inverno que para mim rima mais com atitude, cor forte, calor. Vivi Huhn apresenta peças interessantes, divertidas e românticas. Fiquei um pouco decepcionada com a Sis Couture, esperava mais da marca com base em coleções anteriores.

Para mim, Mário Queiroz foi o grande destaque do dia. Muito lindo! Peças charmosas, andróginas, plissados e um mix de texturas de babar. Lino Villaventura, como vocês sabem, apresentou a mesma coleção exibida no último SPFW (inspirada em Francis Bacon). Fato que me desagrada um pouco, embora seja sempre um inegável delírio observar a arte de Lino bem de pertinho.

Dá uma olhada nos preferidos do quarto dia de #DFB2012: 







Fotos: © Roberta Braga / Ricardo K. / Silvia Boriello

Nenhum comentário: