sábado, 26 de novembro de 2011

Música do dia




Gaga, ame ou odeie? Sabe que entre os dois extremos que a cantora nos desperta, eu fico com o amor. O que seria da música e da moda atual sem as suas misturas chocantes?

Para Lipovetsky (1989) o videoclip não apenas serve para ilustrar um texto musical e sim “trata-se, antes, de superexcitar o desfile de imagens”, estimulando a surpresa e os impactos sensoriais. Profundidade e devaneio acordado, "estimulação pura, sem memória, uma recepção moda".  

Pensando assim, Lady Gaga desponta como o nome mais expressivo da contemporaneidade onde moda e música são explorados. Em suas músicas, fala de temas atuais com humor, irreverência e personalidade. Fazendo dos padrões de beleza e comportamento ditados pela sociedade, suas obras primas. 

Ironizando atitudes através de suas letras provocantes e ambíguas, ou com seu figurino extravagante e assinado por grandes estilistas, Lady Gaga mostra que não só utiliza a última moda, como a lança de uma forma ousada e bastante particular para os jovens que a seguem.


Nenhum comentário: