terça-feira, 8 de novembro de 2011

Exposição: arte à deriva

Imperdível a exposição arte à deriva organizada especialmente por Jade Maranhão. 



Nossa experiência se encontra à deriva. Deslizamos por caminhos indecisos para destinos que conduzirão as próximas gerações a novas derivas. Quem adentra por caminhos incertos pode acreditar na possibilidade de acabar recorrendo ao próprio.
Nós, seres humanos, não sabemos o que estamos fazendo na Terra, apenas conhecemos o que temos derivado. É certo que as ideias que temos como seguras, podem não ser aceitas da mesma forma no futuro. Derivarão em outras inesperadas, em diferentes teses, sínteses, antíteses ou em obras conceituais.
A arte é como o próprio cosmos: em expansão e à deriva, numa viagem que nos provoca certa sensação de abismo. Os continentes se encontram à deriva e nas derivas cósmicas, planetárias, emocionais, existenciais e anímicas, encontramo-nos todos.


Visite o site e conheça o projeto: http://www.grupoderiva.com

Nenhum comentário: