sexta-feira, 1 de julho de 2011

sem você não vejo nada
nem sinto nada
nem vejo cor
nem vejo razão
sem você
o quarto fica tão branco
que chega a me deixar cega
com dor de cabeça aguda
acho que poderia dar o nome de abstinência
falta
vazio seria clichê
sinto mesmo é um exagero de solidão
solidão de mim
que chega a quase não existir
caso não sinto o cheiro
tudo soa clichê
tudo soa estranho
me sinto anestesiada
não entendo nada
os aromas distoam
o tempo não está passando
de novo clichê
de novo a dor aguda
o que está acontecendo?
Esse é um daqueles momentos
sem causa
sem explicação
apago, escrevo, pesquiso, procuro
e só peço por um milagre
que isso seja apenas um aviso
uma bênção
e não uma companhia
e que mesmo se for
estaremos juntos até o fim. 
--
Peço a oração forte e a energia positiva de vocês que sempre estão por aqui em todos os momentos.

3 comentários:

Diana Santiago disse...

Prima, estarei sempre aqui. amo vc!

Bjus, Di

fatima disse...

Linda, você é tão especial, que não tenho as palavras certas para tentar te consolar, acho que nem existe palavras certas quando estamos nessa ansiedade a espera de uma resposta que queremos ouvir...posso te dizer apenas que estou em oração e na maior torcida para que tudo passe logo e que ele volte para casa e para você e como você falou isso vai servir de alerta!!! amo você e estou sempre aqui!!!
Beijos da tia Fafá

m. disse...

Renatinha, fique tranquila.
Vai dar tudo certo. Precisando, conte comigo.

E se cuida, tá? =**