domingo, 27 de março de 2011

#Serblogueiro - Blogagem Coletiva




Escrever sempre fez parte do meu cotidiano. Desde que nasci, rabisco aqui e ali, todas as minhas impressões e cotradições. A escrita alivia minhas dores, libera minha energia e sempre me mostrou quem sou.

Desde muito pequena que sou fascinada pela internet. Tinha 9 anos (em 96) e adorava o mIRC. Como era proibida pelo meu irmão mais velho (oi xande) de saber a senha e afins para conectar na hora que quisesse, entrava feliz da vida no bate papo com o nick que me era imposto (PIVETA9, PIVETA10, PIVETA11). Bom, aos 12 eu me libertei!

O primeiro blog que li foi o da minha amiga Jade (@aquelajade), criadora da marca BlogsdeModaCE. Um luxo esse nosso sindicato. Quem sabe cada blog não tem um número no futuro, tipo uma classe organizada com direitos e deveres?! (rá)

Fiquei encantada com a ideia de ter um lugar só meu e sem restrições na web. Quando tive a vontade forte de escrever em um blog (2008), fui lá e fiz. Mas quem disse que tive a coragem de divulgar ou até de me identificar? Foi aí que criei um pseudônimo (oi?) para assinar as postagens: Vermelho Sangue! Pode procurar nos primeiros posts do blog.. Depois de um mês, larguei a insegurança de lado e comecei a colocar a cara à tapa. E não é que deu certo?

Escrevendo e lendo, é nas diferenças que nos reconhecemos! Hoje o #modaparamim está para completar os seus 3 anos e já tem em sua bagagem 842 postagens e + um milhão de coisas boas que veio através desse espaço tão precioso para mim. No tesouro vem incluído trabalhos bacanas, contatos preciosos, amizades que nunca pensei em ter e a maravilha de ver a sua expressão nua e crua.

Sou apaixonada por esse blog. Cada insight que tenho durante o dia é voltado para o #modaparamim de alguma maneira. Quando posto, me sinto viva. Se o post é bacana, me sinto super ultra especial. É aqui que expresso a percepção do mundo em que vivo, os sentimentos que sinto, as críticas e rebeldias que quero gritar. Uma vitrine daquelas!

Os blogs preferidos são aqueles que surpreendem dentro da sua proposta. Acho maravilhosa a diversidade dentro da blogosfera. Curto blogs limpos e diretos. Detesto blog que é a propaganda em pessoa e zero conteúdo. Não gosto de blogs copiados, onde você sai se perguntando: "Vem cá, eu não já tinha visto isso?"

Acho os blogs bem diferentes dos sites e veículos de "imprensa". Eles divulgam a informação, já os blogs a recheiam de utilidades e acessórios únicos. Se somos valorizados ou não, isso depende muito do que você espera em troca ao escrever. Nós possuímos algo em falta e de imenso valor: a espontaneidade.

Blogueiro bom para mim é aquele que acorda pensando no que vai postar e só dorme tranquilo quando fez o seu trabalho do dia bem feito. Blogueiro bom é o que leva com seriedade aquilo que escreve independente de patrocínios ou promoções ou sorteios. O aparecer tem de ser consequência e não o fim do exercício de blogar.

Me sinto sortuda de trabalhar com aquilo que desperta o meu desejo, me movimenta e me faz pensar. Mesmo naqueles momentos mais confusos e de desilusão, consigo viver com emoção e liberdade.

E isso de viver como dono e líder da própria essência é o melhor de #serblogueiro para mim.

RS.


----

Que tal?

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva proposta pelo Gregory Martins do Trend Coffee.

Um beijo para ele e sua brilhante iniciativa!

3 comentários:

isabelly lima disse...

eu já te disse, o seu blog é o meu favorito :) e lendo seu texto, é hilário, fico sua fã cada vez mais, como pode? :( HUAUAUHHUSAUHASUHASUHASUHUHSA
pq a gente ñ se conheceu no mirc hein, diva? :(((
AUHHUAUSUHAUHUHASUHASUHSAHHUASUHASUHSAHUSAUHASUHUHAS


ASS: SUA FÃ NÚMERO 1 (TODOS BATEM PALMAS!!!)

=*************************

Gabriel Sousa disse...

Super DIGNO SUA LINDA!!!!
Ahasou

Raquel disse...

Nossa!! Você não esquece a "Piveta10" (rsrsrs).
Agora você é simplesmente a MODA!!
A moda para mim!

De sua irmã que sempre te admirou.