terça-feira, 1 de março de 2011

O tempo


Assim como há pessoas, há criaturas. Assim como não se tem tempo, se tem todo o tempo do mundo ao mesmo tempo. Ufa. Observar como me observo, essa foi a tarefa de casa mais absorvida do dia.

Depois de 4 anos de faculdade: resolvi arriscar no caminho de ida e volta para casa, tudo ao mesmo tempo. Não é metáfora, mas até que poderia ser.

Essa história dos fios, do chão.. gosto da ideia fantástica de pensar em como penso, olhar para aonde eu olho. Para mim isso é uma boa lição para se viver intensamente: viver com atenção, concentração. Sei que já disse isso antes, mas entenda.. precisamos dizer "tais mantras" pessoais dia após dia.

dia após dia.

Percebo que a vida é longa demais para ruídos internos em excesso e curta para ser sabotada por terceiros. Não seja ditada, dite. Há espaço para todos.

Aprenda também a aproveitar os seus possíveis defeitos de fabricação. Mas sabe, se você precisa do vaso para viver, aceite-o. Pense no vaso com carinho.

E então, prefere ser devorado ou devorar???

Março chegou e junto com ele sei que boas novas virão. Para mim e para você.

Agora e para sempre, amém!

---------------------

Nenhum comentário: