domingo, 20 de fevereiro de 2011

Vermelho e desconstrução






Vermelho sangue e desconstrução: o caimento de Deus do tule e da seda. Segunda pele e ombros em destaque.

Alguém já adivinhou de onde vem tanto luxo?

It´s (so) all Marchesa.

---

Branquelas e afins, é hora de explorar o poder da minha cor preferida.

Nenhum comentário: