segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

De olho no jeans da Cavalera e um pouco mais..


Fui de olho no jeans da Cavalera (que encerrou com dignidade o spfw) e acabei maravilhada (e desejando tudo!) com a história contada através da estamparia digitalizada e desenvolvida especialmente (é, claro) para a coleção, cujo tema "Nova República" era sentido pelo lema:

“que proclama o contato humano, celebra o coletivo, reclama o beijo, protesta contra o solitário espetáculo do mundo da fama, instigando o imaginário desse desejo esquecido”.

Olha só:












--

Adoro coleções assim.. com início, meio e fim. Peças que despertam desejo por sua beleza e proporção estética e ainda assim, respiram todo o tempo e trabalho gastado nelas. Isso é o que eu chamo de valor agregado ao produto: história e sensibilidade.

Quero muito o macacão desfilado por Luana Teifke, a minha face preferida da temporada!

-----

Um beijo daqueles e não se preocupem: o barato da vida é que nada é para sempre, tudo é transitório. Temos o direito de estar tristes, mas não podemos esquecer do dever de seguir em frente. Acredite, os seus problemas sempre são menores do que parecem se pensar além do que se vê. Hoje escutei uma frase pela primeira vez, e não esquecerei: "para o que não há jeito, está feito." Nem lembro se era mesmo assim. Ainda preciso elaborar. Aceitação? Seria esse o segredo?

Um comentário:

tarlis belém disse...

Gostei muito do seu jeito de abordar os desfiles, as imagens cheias de detalhes e tal! Muito bom! :)