quinta-feira, 4 de novembro de 2010

A repetição e o trânsito de Fortaleza


O cansaço produtivo sempre é uma delícia. Para vocês também é assim? Funciona como um vício: você vai lá e enfrenta, diz que é capaz e realiza. Realiza, mesmo se perdendo no início e no meio do caminho. Realiza, mesmo sabendo que é melhor pegar sol do que ficar trancada em um cubo. Mas daí vem aquela que é chamada pelo nome de força de vontade.




Força de vontade é para mim quase igual a ter coragem. Por que quem disse que é fácil ser feliz, estar feliz? Ser feliz para mim é saber que os momentos difíceis sempre passam e que são talvez os mais importantes da vida. Simplesmente porque é neles que temos a chance de sair da caixa, testar o rebolado e mostrar do que somos capazes. E pode apostar que somos capazes de superar muitos obstáculos. É claro que somos e acho até que fomos criados para isso.

Os padrões se repetem se não estivermos atentos. Não durma no ponto! Não deixe sua vida ser always the same drama. É assim que tento levar a minha.

Eu tenho problemas sérios com o trânsito. Fico altamente irritada com o seu funcionamento caótico e frenético. Perco o controle com a falta de educação ou qualquer manifestação de leseira alheia. Eu sou daquelas que adora dirigir! Curto a liberdade de sentir que estou no controle e que o caminho é meu, mas ultimamente tenho me sentido mesmo é presa dentro de uma selva urbana: imprevisível e interditada, literalmente.







E não adianta mais pôr a culpa na genética para a minha total falta de paciência nas quatro linhas das ruas de Fortaleza. Mas hoje.. depois de uma aventura e tanto, me deparei com o óbvio, e dessa vez (que bom) me vi de fora.

É tão bom se pegar no flagra. Vocês também acham?




E observo: gentileza realmente gera gentileza. Essa filosofia de vida faz parte daqueles clichês poderosos que não podemos esquecer.




E para mim o importante mesmo é sempre chegar em casa cheia de história para contar..

E penso eu.. e se todas as pessoas se vissem de fora?



As fotos! Fui eu que tirei no feriadão!

Nenhum comentário: