quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Em tempos de união: MODA COR CE




Se a moda vive do novo e o novo vive da moda? A dupla Iorrana Aguiar e Cláudio Silveira está aí e aqui (felizmente) para dizer que sim e mostrar que a moda também vive de coragem e de trabalho em conjunto. Mais uma vez, em mais um novo projeto inovador em que todos os elementos da festa são reunidos em uma Gestalt perfeita: arte, design, informação, desfiles, conteúdo e reflexão da boa.

E mais ainda, confirmam a maior tendência de todas: vivemos em tempos de união. União essa que é a maior força que podemos usar para rodar e gritar bem alto para que e o porquê de querermos viver da moda.

Moda viva, moda construída com as mudanças frenéticas do day by day. Moda criada no chão de nossas fábricas e confecções e, enfim, reproduzidas, distribuídas e mais ainda, recicladas no coração de idéias e mentes pensantes. E quantas são? São nossas.

Ontem fiquei feliz e orgulhosa ao observar as conversas e confidências entre idealização, produção e realização: demonstração clara do sucesso e expansão da moda no estado do Ceará.



E é essa a essência e o conceito explorado e percebido por mim na apresentação do projeto MODA COR CEARÁ 2011.

Como disse Iorrana: o mundo é colaborativo e disso ela sabe muito bem, pois desde sempre vem dedicando a sua carreira profissional com o objetivo claro de inserir várias de suas "fresh ideas" no mercado. É um exemplo e você não pode negar, só aplaudir.

Atitude cosmopolita, global. Renovação. A palavra plataforma foi muito utilizada. E o que seria plataforma para você? Para mim é algo grande, logística, poderia ser um suporte?, algo pioneiro, significante e significado.



Só agora entendi que para exemplificar com muitos detalhes e principalmente, com a cara do que o brasileiro é capaz: Ângela Hirata. Sorridente, doce e simpática: a consultora de comércio exterior contou desafios e a sua trajetória de sucesso dentro da marca havaianas. Para isso, não poupou histórias de bastidores, detalhes e conselhos. Frisou bastante a importância de se sonhar com metas e objetivos definidos e bem traçados.

Mas e como funcionará a nova plataforma de moda? Essa é a melhor parte. Alías, ela será todinha feita dos melhores, daqueles, os empreendedores. Eles irão ter que rebolar a fim de criar um conceito diferenciado se quiserem conquistar o selo "fashion brands".

Acompanhamento e reinvenção. Assim sendo, marcas frescas e quentes irão desfilar em salas de desfiles com o design, cheiro e a pitada única da marca Casa Cor. Ou seja? LUXO!



E para dar uma prévia em grande estilo? Um "pocket show" dele! O nosso estilista, aquele que define talento, orgulho e moda conceitual no Ceará: Mark, Mark Greiner.












Não sou lá de viver em eventos! Na verdade, me falta aquele dom da paciência em vários sentidos. Mas idéias assim serão sempre apoiadas por mim. Do MODA COR eu fiz questão de não ficar de fora, mesmo com o cansaço mortal das quartas-feiras. Eu tinha que sentir o cheiro e a cor. E quem sabe, um dia o meu sonho também se torna realidade?!

O bom de se arrumar, enfrentar o trânsito mortal depois de um dia na ativa e esperar ansiosamente mesmo com os atrasos já normais, é encontrar pessoas queridas.

Professoras que me fazem falta, colegas que perdemos com a correria e amigos virtuais que nunca imaginamos ter, mas que fazem um bem danado.

Foram tantas emoções que passei a noite sonhando com o evento, naquelas mil versões recriadas pela imaginação. Foi bom, foi muito bom!



Um beijo e não vamos parar de rodar a engrenagem, nunca!




As imagens eu peguei emprestado (e editei a meu bel prazer) do site parceiro e digno (Profissão Moda - Imagens: Natália Kataoka/Reprodução) que acabou de lançar a sua Revista #2! Mas isso é assunto para amanhã...