sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Quem sou eu? Quem é você?



Momentos de crise são essenciais para a realização de mudanças, sejam elas de postura, comportamento ou raciocínio.. mudanças!

Acredito que sempre necessitamos mudar para viver. Aquele que não tem o que melhorar, já era! Sempre há ajustes, recomeços, desistências ou fim.

Tendemos para o caos, logo um comportamento digno realmente é para poucos (e que poucos.. e bons!). A verdade é que precisamos sempre nos reiventar: reciclar conceitos faz um bem enorme.

Criar sempre novas maneiras de realizar o impossível de se materializar. É preciso coragem para ir além: o caminho para a sua verdade será sempre o mais difícil.

Você já parou para pensar que somos apenas pequenas partes de um universo bem maior do que esse que avistamos com um conceito extremamente limitado? Basta pensar na lua.. que imponência, que vislumbre. Pq. não há vida superior a essa nossa raça prepotente e arrogante?

A espécie humana (na forma em que nos encontramos) pode ser um modo de civilização antigo, ultrapassado? É inegável a existência de forças, de energias que teimam em mandar (de forma bem direta eu diria..) em nossas ações e até pensamentos. Aprenda a controlá-los, ou eles te dominam.

Coincidência, acaso, destino? Noções inventadas para descrever o que não conseguimos (ou não queremos) enxergar.

Acredito no ser humano do mesmo jeito que acredito nos animais. (Eles mais sinceros, nós mais racionais..). A inteligência pode ser medida? Mensurada por testes? Somos todos iguais!

Cada um com seu caminho, seu destino. Ninguém teoricamente é melhor do que ninguém, mais daí vem o conceito de caráter.. e também existem as prioridades, os valores, o bem e o mal.. sempre em circulação - em movimento.

A Roda Viva vem e te mostra uma direção; daí você diz SIM ou NÃO. Todos temos nossas dores.

Todos os dias digo para mim mesma que o meu caminho será longo e diário. Sei que muitas vezes vou ter de lutar contra mim mesma, ou melhor, lutar para ser eu mesma.

Ontem caiu mais uma ficha. Agradeço por mais uma Gestalt fechada.

Continuo priorizando: eliminar a pressa e a indecisão. Continuo seguindo Shiva: jamais buscando força nas convenções sociais, mas apenas nos atributos naturais de minha natureza interior.

Superando os desafios, vou aprendendo que as necessidades são criadas e nunca serão satisfeitas.

Corpo e mente são como as duas faces da mesma moeda. Inseparáveis, indissociáveis, interdependentes. O funcionamento de um altera o contexto do outro.

A mente fala, pensa, interroga; o corpo responde.
O corpo age, exercita ou sofre: a mente simplesmente sente o que o corpo vivencia.

Não tenha medo de encarar a própria existência e as diferenças. Não faça a besteira de transformar o seu corpo em um suporte para tantos objetos de consumo!

Lembram do que sempre digo? O que mais tememos, muitos vezes é o que nos faz mais feliz!

Ser honesto consigo mesmo é a maior virtude que posso ter. É prioridade viver como quero: é o que exijo que respeitem. O ser humano não deseja o sucesso do outro? Por quê?

Viva de forma autêntica. Invista em você!

OPEN YOUR MIND!

Um beijo e não esqueça que passamos por um momento decisivo. Não se venda, vote com o coração!

Um comentário:

Diana Santiago disse...

Só sei que sempre que venho aqui encontro uma explicação para algum momento em que estou vivendo... Vc é demais! Já li, reli e vou ler todos os dias que precisar de força!
Lições e explicações para tudo é o que não falta nesse blog lindo e feito com a alma e o coração de uma menina linda! Bjuussss