sábado, 25 de setembro de 2010

Editorial, Elle, Coco Rocha, limites.





Não sei o porquê, mas já notei que sempre desenho plumas, penas e peles, em meus desenhos descomprometidos. Nos ombros, nos quadris e nas pernas. Vai entender!



Enquanto isso, trago para vocês um editorial quentinho da ELLE francesa. Coco Rocha, sempre ela, linda e saltitante (a kind of a bird woman?). Confesso que não gostei da escolha de algumas fotos e achei a idéia um pouco bagunçada. Quem sabe não foi essa a intenção?!


É muito difícil e temos de muito cuidado na hora de criticar ou julgar um trabalho de moda. A verdade é que o mundo das idéias é múltiplo, pessoal e muito subjetivo. A mensagem sempre é lida de acordo com o contexto pessoal de cada um. O limite entre o gosto pessoal e o profissional é tênue. Sabendo disso, vale sempre a pena se indagar e repensar na hora de emitir uma opinião.



Mas Coco é rainha. Pelo nome, nacionalidade, pela beleza exótica, lutas em prol da moda e principalmente, contra os padrões inatingíveis.




Acabo me interessante por quase tudo o que ela apronta!

Enjoy:












Imagens: Reprodução

Nenhum comentário: