quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Penso..

Largada no sofá, olhando pra lua de seis e meia e pensando na vida. Depois de uma tarde toda sem internet, me pego frustrada e sentindo aquela sensação de não pertencimento. O canal 451 é claro está tocando e eis que lá vem ela, aquela música que sempre me faz ir além..

Penso no blog e em como preciso ter ele sempre ali na disponível, ao meu bel prazer. Penso no twitter e em como é legal ficar ali trocando abobrinhas e vivência tolas, penso no meu seriado preferido do momento (estou completamente viciada em The Hills!) e na novela que pretendo assistir logo mais.. penso no evento que vou ter de ir amanhã e se vou malhar ou não ás 9..

Penso na conversa sobre o consumismo e a falta de sentido dos sentimentos contemporãneos que tive com a Mari hoje de manhã e em como sou sortuda por estar vivendo um troca como a nossa. Penso na entrevista que respondi pra minha parceira super criativa e querida; e em como estou com saudades de comer um carioquinha.

Penso que tenho que estudar a república velha para apoiar alguém muito especial que está comigo todos os dias.. penso em outra pessoa especial que tenho saudades de conviver todos os dias, mas ela acaba ligando sempre exatamente quando estou pensando nela, e nunca me faz esquecer que estou protegida.

Penso em como as tecnologias têm prazo de validade e que chega a ser cruel termos que seguir todas as novidades impostas pela mídia, pela sociedade.. Penso que droga que o meu computador literalmente "não está respondendo", será que o meu irmão vai dar jeito nele?

Penso que estou dominada por essa vida louca virtual, mas daí penso que isso é importante.. mas também não quero que seja essencial!

No final de tudo, não quero mais pensar em nada, quero apenas que você chegue em casa e me faça esquecer de mim!


Ah, a música? Fiquem com ela e pensem:




Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe,
Eu só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder seguir
É preciso chuva para florir

Sinto que seguir a vida
Seja simplesmente
Conhecer a marcha
E ir tocando em frente



Beijos e boa noite!

Um comentário:

Vendas Mary kay Fortaleza disse...

Oi flor, é a Carlinha do Equilíbrio Sempre, tudo bem?

passando aqui pra te convidar para ler meu novo blog de vendas da Mary Kay

breve teremos sorteio, garanta já sua inscrição sendo seguidora

http://vendasmarykayfortaleza.blogspot.com

bjoss