segunda-feira, 9 de agosto de 2010

As escolhas, as oportunidades.. e as decisões!



(A inspiração do dia vem da nova campanha provocante da Arezzo com Mariana Ximenes e Maitê Proença. As duas são lindas e ícones de estilo para todas as mulheres. Juntas provaram que idade, personalidade e sex appeal são referências pra lá de relativas..)


Como vocês lidam com a indecisão? Eu costumo ficar paralisada, martelando e revisando mil vezes todos os prós e contras de qualquer escolha que envolva renúncia em minha vida. As vozes vêm e vão com uma rapidez frenética. Mas eis que surge um insight: um relâmpago de lucidez que não posso deixar passar. Ele, mesmo que não tão certo, acaba me trazendo a reposta. Dúvida decidida, mente vazia? Quem dera que fosse, é só chegar mais um dia pra mais um turbilhão de pequenas escolhas começar a tumultuar a minha já tão movimentada cabecinha juvenil.

Juvenil porque ainda me vejo cercada de possibilidades que me levarão a caminhos bem diferentes e só eu tenho o poder de escolher em qual deles vou me aventurar. Juvenil porque ainda me vejo saindo da casca e possivelmente quero sempre me sentir assim. Livre, sem interferências, ruídos e principalmente, para sempre com o sentimento rebelde dos primeiros passos.


Tudo isso para dizer que fiquei afastada porque como já disse bastante aqui: sair da ilha também é muito bom. E melhor ainda, é voltar renovada e cheia de amor para dar.


A segunda feira começa com boas pedidas:

1) Grupo de estudos quentinho sobre Personal Stylist organizado pelo Laboratório de Estilo da UFC. Quero muito arranjar um tempinho para participar!!!






2) Palestras sobre DESIGN promovidas pelo curso de Arquitetura da UFC. Super interessante!





Beijos, uma boa segunda e até a próxima!

Um comentário:

Gabriela Couth disse...

Com a proximidade do fim do curso, começamos todas a sentir esses sentimentos de indecisão, ansiedade e incerteza. O que virá a seguir?

Eu planejo algumas coisas, e fico tão segura. Chego a conclusões que me fazem pensar "Como foi que eu não pensei nisso antes?"... Mas isso é breve, em pouco tempo a insegurança volta, e eu passo a não saber de mais nada. Acho que é porque ainda falta um tempo: daqui a pouco nossos futuros vão começar a ser mais claros, e nós vamos ter mais certezas, e vamos conseguir prosseguir :)

É como uma amiga minha disse: é possível atravessar um continente inteiro de carro numa estrada escura, com o farol de mostrando os 3 primeiros metros que virão a seguir.

;********