sábado, 1 de maio de 2010

Respondendo á leitora Roberta Sampaio

Confira o comentário de Roberta:

http://modaparamim.blogspot.com/2010/04/cobertura-dfb-o-geral.html

---------------------------------


Roberta, seu argumento é muito bem colocado. Pensei bastante a respeito de quem realmente merecia ou não ter preferência a fim de proporcionar uma cobertura digna. Na verdade, como você disse, isso teria de ser feito através de um trabalho bem feito por parte da assessoria de imprensa do evento que fez a seleção dos credenciamentos.

E isso teria de ser feito antes do evento começar. As regras deveriam ter sido colocadas na mesa já no início. O que questiono aqui é o comportamento primitivo e mal educado da organização. Estou falando de despreparo, falta de treinamento.

Esperando os desfiles, conheci jornalistas de SP, Manaus, Brasília, PE e daqui do CE. Sem exceções: todos estavam se sentindo desrespeitados com a atitude intimidadora das recepcionistas e do próprio Claudio Silveira na hora de pedir "educadamente" para ver o seu crachá ou categorizar e reservar os melhores lugares.

Não que toda a imprensa não tenha sido super bem tratada. Como já disse, a sala de imprensa era um luxo. Com direito a computadores ultra rápidos, mimos, comidinhas, cafés e etc.. Além do precioso fato de não termos de pegar filas.

O ápice da minha revolta: Claudio entra na sala das Marés, aos gritos, e exige 10 lugares para a imprensa internacional. A organização fica constrangida, mas logo desocupa as cadeiras, tirando de lá os menos "preparados" para cobrir... A imprensa internacional nem sequer veio assistir ao desfile e os lugares ficaram vazios no desfile de Ronaldo Sivestre. Ficou feio!

Voltando ao fato de quem teria a tal preferência para cobrir o evento da melhor maneira possível, é relativo e mais uma vez contraditório. Todos estamos interpretando o espetáculo. Olhares, estudos e abordagens diferentes.

Como vc disse, daqui ou lá de fora, blogueiro ou não blogueiro, estudante de jornalimo ou de moda, quem merece mais:

A resposta está no conteúdo, mas como então filtrar os melhores. Trabalho da assessoria. Que selecione apenas os poucos e bons, e trate a todos da mesma maneira. Minha opinião, é claro.

O Dragão está de parabéns porque quis democratizar, mas infelizmente se perdeu na sua boa vontade.

Eu estava lá como imprensa nacional e local, representando a Azulf (revista eletrônica com colaboradores de todo o Brasil e sede no RJ) e também os blogs (modaparamim, designdemodaufc e MVA).

Defendendo instituição ou não, chego na conclusão de que o conteúdo de um blog sempre será mais intenso e verdadeiro. Afinal, estamos por nossa conta em risco. O que escrevo, sou eu.. não tenho nenhum respaldo ou proteção.

E é esse caráter experimental e ao mesmo tempo arisco que mais me atrai nos blogs. Diversidade e autenticidade. É neles que você encontra o mesmo, mas através de um olhar diferenciado e personalizado.

Coragem, é o que nós blogueiros temos de melhor. A mesma coragem de Claudio e de Lino.

Acho que é essa a razão de nosso sucesso. E sim, acho que merecemos o mesmo tratamento e regalias da imprensa local, regional, nacional e mais ainda internacional.

2 comentários:

Roberta Sampaio disse...

Oi moça,fiquei surpresa com o post!hehe Então,nem de longe minha intenção foi criticar nem nada o que tu escreveu,de verdade,foi só que o que tu falou realmente chamou minha atenção tá? Eu concordo mesmo com quase tudo que você falou agora no post,de verdade, a única coisa que quis acrescentar naquele comentário é o fato que é preciso que haja uma seleção bem feita,o mais justa na distribuição dos lugares, de modo a evitar papelões como os que aconteceram entende? Isso que eu quis dizer quando falei de "hierarquizar" os veículos e tal. Concordo mais ainda com o fato de que a organização deveria ter colocado claro como iria atuar com relação aos veículos e à distribuição dos lugares no ato lá do credenciamento né,com certeza! Cheguei até a comentar com um amigo que era legal ver o DFB crescer,mas que ainda pecava em organização,ainda falta,apesar de ter MUITA coisa legal,isso era visível sim.Até por mim que não tenho quase nada a ver com o meio,não vivo em eventos do tipo.
Eu não quis dizer claramente no 1o comentário,mas na porta do desfile do Lino era pedido o convite aos gritos e de maneira não muito delicada digamos e acredito que se aconteceu de eu que só fui dois dias ver,imagine pra quem trabalhou lá não é? E foi justo o que você disse: despreparo,falta de treinamento. Eu comentei justo isso na segunda,porquê foi visível.
Quanto à sua opinião de como deveria ser essa seleção,estou completamente de acordo,mesmo porquê educação,pra mim,tem que ser igual para todo mundo.E tratar igualmente os veículos parte disso!Depois de ver a folha de papel A4 comecei a conversar com um amigo que faz publicidade,de como deveria ser feita essa seleção, e a primeira coisa que ele falou foi número de acessos, o que eu discordo. Pra mim cai justo no ponto que você falou: o conteúdo. Nesse meio de internet,explosão de blogs, o conteúdo é mesmo o fator decisivo e diferencial. Porquê justo devido ao que você citou, de o blogueiro estar por sua conta e risco, é aberto um espaço muito grande tanto pra quem é sério e escreve com responsabilidade,como pra gente que escreve sem ética e sem trabalho sério entende? Daí eu achar ainda mais importante essa seleção.
Eu como você também sou completamente atraída pelos blogs,me pegou mesmo,e concordo que é um ambiente TÃO rico,mas que também abre espaço pra quem não tem essa seriedade.
Enfim,obrigada pela resposta,mesmo eu nunca tendo comentado,é vergonha mesmo certo? ;)

Déborah Simões disse...

Achei ridícula este tipo de atitude em um evento tão famoso. Como a Renata disse, isso mostrou falta de respeito e de organização por parte de alguns...

Além do mais, com toda sinceridade, a cobertura dada pelos blogs é muito melhor, muito mais detalhada, muito mais rica do que revistas famosas e afins...

As revistas só mostram um pouco do que foi melhor, de quem ganhou um prêmio.. E pronto... Se é pra falar de moda, então que falemos de moda... Moda sem descriminação, sem exaltação de quem vende a roupa mais cara...

Vi fotos de criações excelentes, de desfiles maravilhosos no blog Moda Para Mim... E só vi aqui, entende? Quantas revistas colocaram fotos, relataram os desfiles dos Novos Talentos? Quantas? Até onde procurei, nenhuma... E se alguém colocou foi algo meio rápido, como se não merecesse respaldo ou atenção...

Aí está o diferencial dos blogueiros: eles não estão sendo pagos para cobrir os desfiles de "5 milhões"... Eles estavam ali pelo amor à moda, amor ao que fazem e pelo respeito a todos estilistas presentes...

Eles relatam em seu blog um evento real, cru, sem o embelezamento e aprovação dos outros.. E fazem isso com mais aptidão e vontade do que a maioria das revistas e colunas famosas...

Se os estilistas queriam priorizar a capa e as matérias das grandes revistas e dos grandes jornais, tudo bem... é um direito deles... Mas ninguém pode convencer ninguém, muito menos a nós, blogueiros de tantos assuntos, de que somos menos, de que não sabemos fazer notícia, porque sabemos sim!!!

Não é à toa que a maioria dos grandes colunistas e escritores têm blogs também... Dizer que os blogs não têm direito à primeira fila, é rebaixar todos nós, escritores, famosos ou não...

Deveria ocupar a primeira fileira quem é capaz de relatar melhor aquilo que viu nos desfiles, quem é capaz de opinar a respeito do que viu sim... Enfim... A primeira fileira não deveria ter sido imposta por alguns a alguns poucos.. A primeira fileira deveria ter sido merecida!