segunda-feira, 17 de maio de 2010

Moda, uma expansão do eu.



Todo mundo adora as fotos criativas e hiper estilosas do blog The Sartorialist.

Dessa vez, achei "A FOTO" por lá.

Um biquini vintage e maravilhoso de 1956. Olha que fantástico.

A criação do biquíni é disputada por dois estilistas franceses: Jacques Heim e Louis Réard. No início, além de muitas mulheres não terem coragem para usar peça tão diminuta, o uso do bíquini ainda foi proibido em vários países. Porém, atrizes vanguardistas como Ava Gardner, Ursula Andress e a musa Brigitte Bardot lutaram contra os padrões e aderiram com tudo ao charme do bíquini. Foi nos revolucionários anos 60, época de mudança total nos paradigmas sociais, liberdade sexual (invenção da pílula anticoncepcional) e explosão da união música e moda, que o uso do bíquini se tornou popular e chegou no seu auge. Tornou um verdadeiro símbolo pop, sendo utilizado em filmes e músicas, tanto para seduzir como para contestar.



(BB)

Pensando nisso.. Por que o objeto de Moda é um objeto de arte?



(Salvador Dali)

Tanto o objeto de moda quanto o objeto de arte são frutos de seu tempo e reflexo das transformações sociais e culturais vigentes. Podemos afirmar que tanto a moda quanto a arte trabalham com os mesmos elementos de composição visual: formas, cores, linhas, texturas e volumes. Ambos são territórios repletos de significações e releituras, adaptações. A moda sempre esteve presente na arte. Pintores e escultores há séculos buscam inspiração na mulher e nas suas vestes. Já a arte é um prato cheio para a inspiração na criação de moda. Estilistas resgatam movimentos, cores e formas de suas obras preferidas e as transformam em belas coleções de moda. Moda e Arte sobrevivem ao tempo, ao comércio, aos homens. Andam de mãos dadas e para mim, quase sempre se fundem em um só.



(Manet e o seu estilo realista retratando o universo feminino)



(Sonia Delaunay desenvolve roupas e padronagens sob a influência do Fauvismo e Orfismo em 1910)



(YSL cria seu tubinho inspirado na obra de Mondrian)



(Salvador Dali e o surrealismo)





(Jean Paul Galtier com suas criações surrealistas de tirar o fôlego)


"A moda se inclui entre os temas estudados sob a categoria geral do comportamento coletivo ou dos fenômenos de massa: manias coletivas, conduta de multidões, movimentos sociais, etc. Tais formas particulares de comportamento social, às vezes aberrantes, bizarras, singulares, continuam a atrair o interesse dos estudiosos em virtude dos materiais que propiciam para a observação e análise da condição humana." (Eduardo Diatahy)

Nenhum comentário: