quinta-feira, 29 de abril de 2010

Cobertura DFB: o geral

Para mim, o DFB foi um verdadeiro poço de contradições.

A cara dele foi regional e o tempero nunca foi tão rock. A maioria dos estilistas mostrou o artesanato e as diferentes possibilidades que essa diversidade de materiais e técnicas regionais pode nos proporcionar. Mas tudo com uma roupagem moderna e sofisticada, digna de grandes espetáculos.

O triste, na verdade, é ver que não valorizamos de fato aquilo que é nosso por direito. É ver que desmerecemos os nossos próprios frutos em prol dos poucos louros que nos é oferecido.



(A carpintaria de Melk Zda)

Eu não estava presente para testemunhar o que de fato ontem aconteceu no desfile de Lino Villaventura. Mas já pressentindo que as possibilidades de se assistir com tranquilidade ao desfile (depois de me deparar com aquela imensa fila pelo lounge) fui embora assistir meu jogo de futebol.

Foi pelo twitter que soube da notícia que Lino Villaventura e a organização do Dragão proibiram o acesso da imprensa local na sala do Fogo. A internacional, é claro, teria todos os seus dez lugares reservados..

Parece brincadeira, mas é rídiculo.

Ah contradições desse país, e desse estado então.. somos pioneiros na iniciativa de só valorizar o que vem de fora.

Quer mais? Palestras sobre moda e conectividade (com o blogueiro Glaudo da descolex) no pensando moda X uma folha de papel A4 colada na porta das salas de desfile ("ATENÇÃO BLOGUEIROS, VOCÊS NÃO TÊM PREFERÊNCIA NA PRIMEIRA FILHA!!!!") Que palhaçada! Hierarquizar a imprensa em a,b,c e d já é demais..

Chegou a ser feio em alguns momentos!



(A carpintaria de Melk Zda)

A notícia boa? A UFC foi a grande campeã do DFB 2010! Com uma final emocionante disputada com a faculdade Católica do CE (que ficou em 2o), a UFC inovou: mostrando o tema através de um olhar moderno e único. E digo mais, teve cara de melhor desfile de todo o evento.

Estou carregando o vídeo do desfile no youtube!

Se o Dragão quer despontar como um dos melhores e maiores eventos de moda autoral do país, deve no mínimo, ter respeito pelos que estão trabalhando 24 hrs para promover o evento. Respeito pelos estudantes que estão lá para ver moda. Respeito com as equipes participantes do concurso de Novos, que passaram noites em claro. Respeito pela moda autoral que tanto defende. Respeito pela identidade que se diz ter.

Respeito!

Vamos lá.. tá na hora de acordar e mudar os valores! Ou vocês querem continuar pra sempre vivendo nesses ares estratificados de província? O errado virou o certo? O chato virou o claro? É agora ou nunca!

DFB 2010: experiência profissional e pessoal. Incrível conviver de perto e ver o comportamento de seres humanos diferentes e tão iguais ao mesmo tempo. Selva de areia!


Vou passar o dia postando tudo o que vi por lá! Jaja tem mais!!!

Um comentário:

Roberta Sampaio disse...

Bem,fui só dois dias no DFB e o que vi,no geral,gostei.
Fui ao desfile do Lino como mera expectadora,por sinal,adorei muito do que vi,acho que ele casou música,impacto,trabalho,etc.
Quanto ao fato da imprensa local,só acompanhei pelo twitter..Mas não vi exatamente como aconteceu.Realmente estava uma fila e acúmulo imenso na entrada,então estavam pedindo de maneira alta mesmo os convites.
Cheguei também a ver as folhas de papel A4,dizendo que os blogs não teriam preferência à primeira fila e realmente não achei de muito bom gosto,mas também preciso argumentar algo..Você não acha mesmo que é necessário sim meio que separar os veículos de mídia? Porquê acredito mesmo no trabalho dos blogs,locais ou não,mas acredito também no valor da imprensa tradicional. Não cabe todo mundo numa primeira fila,isso é óbvio,e para ocupar esses lugares tem de haver sim uma seleção.
Não concordo com o fato de que apenas a imprensa internacional,ou sei lá de onde, deva estar lá,MESMO,mas acredito que é necessário hieraquizar os melhores veículos sim,de modo a haver uma melhor cobertura.
Isso é feito por um trabalho de assessoria de imprensa bem realizado.Que tenha uma visão ampla,do trabalho de veículos tradicionais e da nova mídia,dos blogs,que estão despontando e que realizam cada vez mais um trabalho excepcional.
Então,isso tudo é só pra dizer que as folhas de papel A4 não foram mesmo bonitas,mas que é necessário haver sim uma seleção.Que nem os blogs nem os veículos tradicionais têm preferência à primeira fila,mas quem tá melhor preparado,e nesse meio inclui alguns blogs daqui e de fora, e algumas mídias tradicionais,daqui e de fora.Que tu acha?
=D