quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Além do Bem e do Mal - É por suas virtudes que alguém é punido melhor.




Sem frescura, não creio e não me importo com julgamentos ou interpretações acerca do que vivo, muito menos do que sinto! Não olhe pro lado, olhe pra você!
Chega a ser engraçado como as pessoas adoram intervir dando leves pitacos cheios de más intenções na vida dos outros.. o pior é que o que falam no fundo não tem nada a ver com você que está ouvindo e sim com os sentimentos ou ressentimentos do falante! Não me importo com convenções, não me atraio por rótulos e detesto frases feitas de efeito! Observo não o que você me fala, mas o que você quer me dizer nas entrelinhas..

De boas intenções e conselhos o inferno está cheio!

Eis no que acredito: (Enjoy!)



QUARTA PARTE

MÁXIMAS E INTERLÚDIOS


"Eu fiz isso", diz minha memória. "Não pude fazer aquilo" - diz minha altivez, que permanece inflexível. E finalmente, é a memória que cede."

"Quando se tem caráter, tem-se na vida uma aventura típica que sempre se renova"

"Piedade para todos" - isso seria crueldade e tirania para ti, senhor meu vizinho"

"Coração acorrentado, espiríto livre - Quando se acorrenta fortemente o coração e se o mantém preso, pode-se conceder muitas liberdades ao espiríto. Já o disse uma vez. Mas ninguém que acreditar em mim - é de se supor que já o saiba..."

"Os homens pesados, melancólicos se tornam mais leves por aquilo que torna os outros mais pesados, pelo ódio e pelo amor. E desse modo sobem às vezes atéa superfície."

"Quando se toma uma decisão, é preciso tapar os ouvidos mesmo aos melhores argumentos contrários. É o indício de um caráter forte. Quando oportuno, deve-se, portanto, fazer triunfar a própria vontade até a estupidez."

"As grandes épocas de nossa vida são aquelas em que temos a coragem de considerar o que é mau em nós como aquilo que temos de melhor."



(Mestres/Lou Salomé, Paul Rée, Nietzsche)

"Quando somos obrigados a mudar de opinião a respeito de alguém, fazemos com que pague caro o embaraço que nos causa."

"São os sentidos que tornas as coisas dignas de fé, lhes conferem boa consciência e aparência de verdade."

"A objeção, o distanciamento, a desconfiança alegre, a ironia, são sinais de saúde; tudo o que é absoluto pertence aos domínios da patologia."

"Ele não me agrada" - Por quê? - "Não me sinto à sua altura" - Algum homem já respondeu de tal forma?"

(Além do Bem e do Mal/Nietzsche)

-----------


Eu muito tinha para dizer.. mas infelizmente o momento não volta e ele foi sabiamente escolhido, não por mim, é claro. O silêncio será a minha resposta, pois muito sei que palavras escritas são distorcidas, e como sei. Não, não se preocupe comigo.. o que tenho agora, nesse exato momento, não apenas me basta, mas acredite se quiser, as vezes chega até a transbordar!

Fica a sensação de que fechei mais uma Gestalt, e é por isso que te agradeço.

Desmitificar é preciso. E uma coisa já aprendi de mim mesma (por mais que pareça cruel): não tenho apego mesmo pelo que não me acrescenta mais!

Prefiro a solidão e a companhia dos poucos (mesmo que seja únicos) e bons.

Um comentário:

Diana Santiago disse...

Menina! Adorei tudo o que li...E concordo em gênero, número e grau! Parabéns e obrigada por preencher, por várias vezes, minha horinha de almoço com textos muito interessantes!! Bjus da prima!!!