terça-feira, 8 de setembro de 2009

Fernando Pessoa e o Amor Romântico




"O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o príncipio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida."


Os maiores poetas e mestres que já existiram e existem proclamam:


O AMOR É A MAIOR FORÇA QUE EXISTE NO MUNDO!

SIM, O AMOR É CAPAZ DE MOVER MONTANHAS, DE MUDAR O IMPOSSÍVEL, DE ALCANÇAR O INALCANÇÁVEL.


Racionalizando.. não, realmente não existe princípes ou seres encantados voando pelas nuances de sua perfeição. NÃO! Com vinte e poucos anos já sabemos disso muito bem.. todos passamos por poucas e boas ao longo de nossa caminhada.

Mas existe sim aquele alguém que se encaixa perfeitamente nas suas imperfeições.

AME E ESPALHE ESSE AMOR POR AÍ! NÃO TENHA PUDORES, NÃO TENHA MODERAÇÃO! NÃO DEIXE PARA DEPOIS, NÃO SEJA COVARDE! LUTE PELA SUA FELICIDADE, CUSTE O QUE CUSTAR! APRENDA A OUVIR O SEU CORAÇÃO E DEIXE ELE FALAR SEMPRE!


MOZI, EU AMO VOCÊ!
DIVIDIR A VIDA COM VOCÊ É O MAIOR PRESENTE QUE DEUS ME DEU!

Nenhum comentário: