quarta-feira, 29 de outubro de 2008

um trago de poesia


a lua

o mar

o cheiro da noite
da maresia
do asfalto
a calçada
andar na calçada
o imprevisível
a noite
a paixão
a vida
a poesia
que maravilha
o amor
você
eu
momentos
sempre momentos
a cada momento
te sinto
o sol
a madrugada
te vivo
o movimento
o mistério
nossa alma
aquele laço
algo a mais
pq?
a certeza
o olho
o olhar
o espiríto
a liberdade
o sentido de tudo
ser
forte
me encanto
me rendo
suspiro
repito
a dança
te amo
pra sempre
sua

por Renata Santiago

Nenhum comentário: