segunda-feira, 21 de julho de 2008

Nunca esquecerei do sorriso de Fernanda!

Conheci Fernanda na faculdade.. nas duas! Primeiro companheira de administração na uece.. e ela não poupou incentivos pra me dar força pra entrar na outra, na ufc, no meu sonho que parecia tão sem sentido, apoio, fundamento ou razão.. no estilismo! Ela havia passado em 1o lugar, tb falava com paixão de moda, sempre simples, atenciosa, ouvindo com atenção toda as minhas perguntas e dúvidas sobre o curso. Mandei emails, adicionei no msn, perguntava tudo e ela sempre me tratou com o maior carinho.. sempre com aquele sorriso bem forte no rosto. Nunca conheci Fernanda de perto, não sabia suas maiores virtudes ou defeitos.. Um ano depois que a conheci, vou lá e passo em 1o lugar (como ela há um ano antes) em estilismo e moda. Mandei um email pra ela na hora.. no mesmo dia que soube do resultado. Saltitante, agredeci todos os incentivos e a atenção que ela sempre me deu. No primeiro dia de aula, lá estava ela me dando as dicas e me me orientando.. eu não sabia de nada de lá, nem conhecia ninguém.. mas conhecia Fernanda e ela me ajudou e muito com o seu sorriso. Nunca tivemos um contato mais profundo, mas sempre que nos encontrávamos no corredor.. um sorriso recíproco e um como vai a vida era certeza. No meu primeiro desfile de novos talentos, lá estava ela.. elogiando o trabalho (que era de uma iniciante que não sabia de nada) e a coragem que eu estava tendo de participar logo tão cedo. Acho que não existe ninguém que não goste da Fernanda.. sempre tão simpática, sempre com seu sorriso.. acho sim que Fernanda tem muitos amigos e admiradores. Um dia achei sua agenda (que era igual a minha) na sala da faculdade.. ela estava prestes a ir pra Disney, um sonho que realizou.. lá tinha todas as suas anotações.. quando soube que eu tinha achado, ficou aliviada.. foi lá em casa, pegou a agenda e viajou... deve ter sido uma viagem inesquecível! Esse semestre quase não a vi.. nosso horários não batiam.
E de uma hora pra outra.. lá estava eu feliz e animada com o próximo evento a participar quando fico sabendo.. Fico sabendo que Fernanda morreu em um acidente de carro indo para a expocrato. Não não.. ninguém estava bêbado ou cometeu imprudência.. seu pai que estava dirigindo.. e ao desviar de uma bicicleta, o carro caiu em um açude.. em Icó. Sua mãe também morreu e sua tia também. O namorado de Fernanda e o pai viveram.. e nasceram de novo para uma nova vida. Diferente. E me veio um arrepio no corpo todo, na cabeça, no rosto.. senti como se tudo fosse passageiro, tão frágil, tão leve. Não.. nós não temos o controle de tudo.. tudo é tão delicado! São tanto sentimentos.. tudo tão contraditório, tão forte.. morte, vida, perda, êxtase.. tudo tão certo, tão incerto. Podia ser eu, mas eu nem consigo pensar nisso.. nem consigo aceitar que isso possa acontecer na verdade.. nem consigo mesmo aceitar que a vida é tão maluca assim.. que de uma hora para outra tudo pode mudar completamente. Não consigo aceitar direito, mas sei que é assim. Sei que é assim e como sei. Mas é difícil aceitar. Acredito que Fernanda deve estar vivendo e aproveitando com toda a alegria o seu novo infinito, sua nova existência, sua essência. Não era sua melhor amiga, nem sua confidente.. nem nunca saímos pra balada.. mas o sorriso de fernanda me fará sim falta! A moral dessa história real é: cuide bem de você.. e de quem está do seu lado.. e da natureza.. e do nosso mundo.. e da sua vida! Desejo paz, boas vibrações, amor, tudo de maravilhoso, de verdade, desejo tudo que tenho de melhor em mim.. pra Fernandinha, pra toda a sua grande família e amigos, pra mim e pra você também!

Nenhum comentário: